O Cachorro Hiperativo

Pode não parecer, mas o nosso estilista Chico sofre com a famosa hiperatividade canina. Uma doença psicológica que afeta a grande maioria dos cães que sofrem de um déficit de gasto de energia. Resumindo, é muita disposição e alegria pra uma rotina muito calma e pacata e portanto alguns sintomas são apresentados. Ficam agitados, inquietos e querem chamar a atenção a qualquer custo.

 

 O Chico apresenta diversos desses sintomas e o principal deles é a auto mutilação, que é quando o cachorro encontra alguma maneira de se torturar para chamar a atenção. No caso, essa linda bola de pelos preta fica se lambendo constantemente até surgirem feridas em sua patinha.

 

Outros cachorros podem apresentar esses sintomas completamente diferentes, como latidos constantes, rosnados ao chegar perto, rasgar e comer objetos que pertencem ao próprio mestre e por aí vai. Apesar de existir um padrão, cada peludinho apresenta sua hiperatividade de forma singular,  afinal de contas, eles são criaturas lindas e únicas.

 

Por que eles apresentam esse comportamento? Existem várias causas e a principal como foi apresentada anteriormente, é a energia acumulada. O cachorro precisa brincar, passear, explorar o Mundo e os postes das ruas, correr para pegar o brinquedo (na hora que ele quer).

 

Outro fator que deve ser levado em consideração é que o cachorro é um espelho de seu dono. O seu comportamento e humor dita como o seu cachorro vai se comportar. O tom na sua voz, se você está alegre ou melancólico, nervoso ou eufórico. Tudo isso funciona como uma projeção no astral do seu cãozinho. Se você demonstra serenidade e apresenta qualidades relacionadas a um comportamento tranquilo, pode ter certeza que isso vai ajudar seu cachorro a combater a hiperatividade.

 

O Chico possui um grau tão elevado de hiperatividade que o veterinário dele receitou um floral para acalmar os nervos desse estilista. Outra coisa que o Chico faz é colocar algum filme ou música para resolver o problema. É colocar Harry Potter ou Star Wars, que o pequeno peludo deita no chão feito um tapete canino e fica relaxado, pronto para ir para o seu ateliê elaborar alguns desenhos malucos e estampas para a Lata Virada.

 

Mas caso o seu doguinho não tenha esse espirito artístico, como o Chico, a nossa dica é: leve o peludão ou peludinho para passear, se a energia dele for grande uma corridinha também cai bem; distraia ele com brinquedinhos e claro de atenção, brinque com ele que com certeza ele vai te recompensar com muitos lambeijos molhados =)

 

 

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados